Tratando com alegria

Na Grécia antiga, Aristóteles defendia a terapia do riso, assim como Hipócrates, considerado o pai da Medicina, preconizava a teoria do humor. Já no século XX, Charles Chaplin via no riso e nas lágrimas “antídotos contra o ódio e o terror” que prevalecia em meio à guerra. Na década de 1970, Patch Adams surgiu com um método visionário em que utilizava a alegria e o humor como ferramentas importantes no processo de cura de pacientes internados. Todas essas ideias formam a base do trabalho do Mad Alegria, curso de extensão acadêmica da Faculdade de Medicina da USP.

Jussara Alves Ribeiro, funcionária da Hospitalidade do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), vem de uma família de comerciantes, mas não projetou sua vida no business. Assim que terminou o colégio, entrou em um curso de artes plásticas. Morou durante sete meses em Chicago, Estados Unidos, onde viveu rodeada da arte e da belíssima arquitetura da cidade. O frio e o alto custo estimularam a volta de Jussara para o Brasil. Aqui, entrou na faculdade para cursar Psicologia. Porém, seus desígnios a levavam de volta ao universo da arte. Depois de um ano, trocou a Psicologia pelas Artes Cênicas. Trabalhou durante um bom tempo com produção de eventos culturais; inclusive, em importantes entidades como Sesc, Itaú Cultural e o núcleo Barbatuques. Em busca de novos desafios, Jussara voltou para sala de aula, desta vez para cursar Hotelaria. Exerceu a profissão em hotéis, restaurantes e, desde 2010, faz parte do quadro de colaboradores do Icesp. Engana-se quem pensa que ela abandonou a arte. Ainda na entrevista, comentou com Marcelo Candido, que também estava em processo seletivo, sobre a possibilidade de desenvolverem ações artísticas que amenizassem a estada dos pacientes no hospital. Os dois foram selecionados e puderam realizar os planos do dia da entrevista. Jussara e Marcelo são os idealizadores do projeto de Contação de Histórias, que está sendo implantado no hospital com as oficinas do Arte Despertar, outro projeto lúdico da instituição, e o apoio dos setores da Humanização e da Psicologia. Porém, foi no início desse ano que Jussara recebeu um convite irrecusável: participar do projeto Mad Alegria.

Como explicado no início deste texto, o projeto utiliza arte para entreter e melhorar a permanência dos pacientes no hospital. O objetivo é formar clowns (palhaços) para percorrer os leitos, levando alegria e extraindo sorrisos. Jussara está em processo de criação do seu personagem. “O clown interpretado pelo meu instrutor chama-se Dr. Miojo Pena Branca. Não sei o porquê, mas ele fala que o personagem tem que ter dois nomes: sempre um alimento e um pássaro. Como não encontrou nenhum pássaro que combina com miojo, adotou Pena Branca como ‘sobrenome’ após ver uma pena voando em sua direção”, comenta, rindo. As aulas acontecem semanalmente; sendo compostas por teorias, dinâmicas e estágios monitorados no final do curso no próprio Icesp. Jussara conta que está aprendendo muito. “A arte é um método de intervenção importante para acessar o paciente, conhecê-lo, criar um elo de amizade. Sinto que muda a energia do ambiente e ele tira o foco da doença, pelo menos por alguns instantes”, destaca. “Além disso, o curso incentiva-nos a investigar nossas emoções. Para passarmos algo a alguém, temos que estar bem”, completa. Atualmente, além das aulas de clown, Jussara está fazendo Mestrado em Hospitalidade. Como não podia ser diferente, sua tese é sobre a humanização e qualidade no atendimento em hospitais públicos. “Quero me tornar um instrumento útil para a sociedade. Sou uma sonhadora, tenho ideais nobres”, diz a doutora do riso do Icesp.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: