Fique atento ao prazo de validade

Após consultar o médico, você vai à farmácia com a receita prescrita para comprar o medicamento que te livrará da gripe. Uma caixa, com trinta comprimidos, lhe é vendida. A indicação médica é de que você precisa tomar o remédio até os sintomas passarem. Em apenas três dias, você está curado. Entretanto, várias pílulas sobram e, com o tempo, vencem. O que fazer com estes medicamentos? Muitas pessoas possuem hábitos de despejá-los no lixo comum ou nos vasos sanitários. O que elas não sabem é que esta atitude pode causar danos irreversíveis ao meio ambiente. Os resíduos medicamentosos percorrem um caminho que os levam para aterros ou redes de tratamento de esgoto. Sendo assim, entram em contato direto com o solo, rios, lagos e mares, contaminando-os.

A desinformação e falta de postos de coletas são os principais estimulante do descarte inadequado de medicamentos. Uma pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e  Bioquímicas Oswaldo Cruz apontou que apenas 2,7% dos entrevistados já haviam recebido informações do que fazer com as sobras medicamentosas. O levantamento mostrou ainda que 75,32% das pessoas descartam a medicação no lixo doméstico e 6,34% jogam na pia ou no vaso sanitário. Além disso, 92,5% nunca questionaram sobre a forma correta de se fazer o descarte. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estima que R$ 20 bilhões em remédios são jogados fora, anualmente.

A venda de medicamentos fracionados é uma alternativa para o descarte inadequado. Há cinco anos, uma lei aprovada regulamenta sua venda, porém, ainda é muito difícil encontrar essa opção de compra em drogarias e farmácias. Além disso, nem todos os remédios estão disponíveis em fração. No site da Anvisa (http://portal.anvisa.gov.br/), você encontra uma lista com as drogas que podem ser vendidas nesse modelo. Entre elas há antibióticos, anti-inflamatórios e remédios de uso contínuo, como anti-hipertensivos.

Você deve estar perguntando: “mas o que eu faço com os medicamentos vencidos que tenho em casa?”. A resposta é simples. Encaminhe-os para a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa, que eles serão jogados fora da maneira correta. Outra alternativa é levá-los em cincos postos de coleta localizados em drogarias dentro de supermercados do grupo Pão de Açúcar. O material pode ser entregue nas drogarias das lojas Pão de Açúcar Real Parque e Jabaquara. O Extra Itaim, Penha e João Dias também possuem postos de arrecadação. A expectativa é estender o projeto para todas as drogarias da cidade de São Paulo em 2011 e, posteriormente, em todas as 154 drogarias do Grupo no País. Entretanto, no combate ao descarte inadequado de resíduos medicamentosos, o uso racional é a melhor arma a ser usada. É comum ver pessoas que criam uma minifarmácia em casa, com drogas para todos os tipos de enfermidades: dor no estômago, na cabeça, febre etc.. Evite comprar remédios em quantidade exagerada, os quais você não vai usar. Eles não vão mais te curar, porém causarão danos irreparáveis ao planeta.

 

Anúncios

1 Comentário »

  1. joe Said:

    Prezado Felipe Godoy,

    A BHS Health Service do Brasil, desenvolveu o, até agora, mais moderno sistema de descarte de medicamentos vencidos ou indesejados. São unidades coletoras instaladas, por enquanto em sete lojas da rede Droga Raia de São Paulo capital.

    Veja o site http://www.descarteconsciente.com.br e ajude-nos na conscientização da população, em relação a um tema de extrema importância, que não tem sido abordado pelos canais de informação na plenitude do que deveria.
    Caso eu possa informar mais, basta me enviar e-mail. Abraço.


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: