Se eu fechar os olhos agora

Abril, 1961. Yuri Gagarin torna-se o primeiro homem a sair da órbita terrestre e desbravar o universo. Na mesma data desta memorável conquista à Humanidade, em uma cidadezinha da antiga zona do café fluminense, o corpo de uma bela mulher é encontrado dilacerado à várzea de um lago por dois meninos de 12 anos de classe média baixa – um filho de ferroviário, outro de açougueiro –, que cabulavam aula. Espantados, os garotos imediatamente chamam a polícia que, ao chegar no local e interrogá-los, os tratam mais como suspeitos do que testemunhas.

Impressionados com a brutalidade do crime e o descaso absoluto com o ser humano, além de não aceitarem a explicação oficial, que acusa o frágil dentista da região, marido da vítima, como autor do assassinato, os meninos decidem investigar. Eles ainda contam com a ajuda de um senhor morador do asilo da cidade, um ex-preso político da ditadura Vargas que esconde seu real interesse no assunto. Dele, os meninos ouvem um aviso que marca o começo de um turbilhão de acontecimentos surpreendentes: “Nada neste país é o que parece.”

Logo, eles descobrem uma estranha ligação entre a mulher e alguns dos homens mais importantes da cidade e que o passado dela está calcado em mentiras. A investigação ainda desvenda um perverso painel em que a violência sexual, o racismo, a corrupção e as espúrias alianças políticas — que tentam a qualquer custo manter o poder — se misturam, em uma época que o Brasil caminha para a industrialização. Para os meninos, será um terrível caminho de amadurecimento e chegada à vida adulta, ainda no início da adolescência.

Autor: Edney Silvestre

Ano: 2009

Páginas: 304

Editora: Record

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: