Eleições 2010: conheça os candidatos ao governo do Estado de São Paulo

Ciete Silvério/Divulgação

Geraldo Alckmin (PSDB) nasceu em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, onde foi vereador e prefeito e se formou em medicina. Na década de 80, se elegeu deputado estadual e deputado federal pelo PMDB. Em 1994, se elegeu vice-governador na chapa de Mário Covas. Após a morte de Covas, assumiu o governo de São Paulo. Em 2002, reelegeu-se governador. Em 2006, foi candidato à presidência da República pelo PSDB, mas foi derrotado. Em 2009, o então governador José Serra nomeou Alckmin secretário de Desenvolvimento de São Paulo.

blog.opovo.com.br

Aloizio Mercadante (PT) nasceu em Santos e se formou em economia. No PT, já foi integrante do Diretório e da Executiva Nacional do partido. Seu primeiro mandato de deputado federal foi em 1990. Em 1999, Mercadante voltou à Câmara dos Deputados. Em seu segundo mandato, participou de diversas comissões especializadas nas áreas econômica, financeira e tributária. Em 2002, chegou ao Senado, onde exerceu a liderança do governo, até junho de 2006. Em 2009, foi eleito líder da bancada de seu partido no Senado.

capitaldigital.blog.br

Celso Ubirajara Russomanno (PP) nasceu em São Paulo e se formou em jornalismo e direito. Tornou-se famoso apresentando um quadro no programa Aqui Agora, veiculado no SBT, em que mediava reclamações de consumidores que se sentiam lesados por empresas de diversos setores. Atualmente, está em seu 4º mandato de deputado federal. É membro efetivo da Comissão de Defesa do Consumidor na Câmara dos Deputados desde 1995. Já foi filiado ao PFL, ao PPB e ao PSDB, antes de entrar no PP. Já foi o deputado mais votado do país.

Valter Campanato/ABr

Paulo Skaf (PSB) nasceu na cidade de São Paulo. É presidente licenciado da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), presidiu o Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), o Sesi-SP (Serviço Social da Indústria) e o IRS (Instituto Roberto Simonsen) e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Também ocupa a primeira vice-presidência da CNI (Confederação Nacional da Indústria), cargo do qual também está licenciado atualmente.

Divulgação

Paulo Roberto Bufalo (PSOL) é engenheiro mecânico e professor do ensino técnico no Centro Paula Souza, vinculado ao governo do Estado. Foi vereador em Campinas por dois mandatos consecutivos (2000 a 2008) e tem uma longa trajetória junto aos movimentos sociais. Atualmente é presidente do diretório municipal do PSOL.

Daia Oliver/R7

Fábio José Feldmann (PV) é formado em direito e administração de empresas. É secretário executivo do Fórum Paulista de Mudanças Climáticas Globais e de Biodiversidade e fundador da Fundação SOS Mata Atlântica. Foi eleito deputado federal por três mandatos consecutivos (1986-1998). Em 1995, Feldmann assumiu o cargo de secretário Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, no qual atuou até 1998.

Fernanda Campagnucci/Blog do Milton Jung/CBN

Anaí Caproni (PCO) é funcionária dos Correios, como operadora de triagem e transbordo, onde tem uma atuação ativa no movimento sindical. Anaí é casada com o candidato à Presidência do mesmo partido, o jornalista Rui Pimenta. Seu pai, Manoel Caproni, trabalhou na montadora Perkins durante trinta anos e foi fundador do PT na região do ABC. Foi candidata a vereadora pelo PCO nas eleições municipais de 2000 e ao governo do estado de São Paulo em 2002.

Reprodução

Igor Grabois (PCB) disputa o governo de São Paulo pelo PCB. Secretário Sindical Nacional do partido, Grabois teve o pai, o avô e o tio desaparecidos durante a guerrilha do Araguaia. Presta assessoria política a diversos sindicatos. Contribui, dentre outros, com Metalúrgicos, Servidores Municipais e diversas categorias do Porto de Santos, Securitários e Metalúrgicos do Rio de Janeiro. Integrou o Comitê Brasileiro de Anistia e participa do grupo Tortura nunca mais. Concorre pela primeira vez ao governo do Estado de São Paulo.

Divulgação

O candidato do PSTU ao governo estadual em São Paulo é Luiz Carlos Prates, o Mancha. Possui esse apelido devido à pinta que tem no lado esquerdo do rosto. Metalúrgico, Mancha disputou um cargo no Senado em 2006 e é um dos dirigentes do Conlutas.  Ele tem 54 anos é casado e com três filhos. Mancha começou sua militância ao final da década de 70, na Universidade Federal de São Carlos, onde ajudou no desenvolvimento das lutas estudantis contra a ditadura militar. Em 1983, já como metalúrgico, participou das grandes mobilizações operárias em São Paulo e do Movimento de Oposição Metalurgica, o MONSP.

Informações extraídas do R7.com, EPTV.com, sites oficiais e Wikipédia.

Anúncios

7 Comentários »

  1. enestor Said:

    gostei da apelida MANCHA .

    O PORQUE MANCHA? VC PODE ME RESPONDE

    • roberta Said:

      olha eu acho que é mancha pq ele deve ter uma mancha ou ele é mancha verdo ´do palmeiras´muito palmerense
      é isso

    • Roberto Said:

      porque ele tem uma mancha de nascença no rosto. dai vem o apelido.

  2. paula Said:

    eu amei esse apelido de mancha

  3. Jubiscleuda Said:

    oi eu nao gostei do apelido, isso é ridiculo!

    • felipegodoy Said:

      Já vou avisando que não foi eu que inventei o apelido! rs Ele realmente é conhecido assim. Inclusive está desta maneira no site oficial do PSTU.

  4. geicy Said:

    ADOREI SABER MAIS SOBRE ELES!


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: