Capela de São Miguel Arcanjo

De mãe para filha

lembrancas

A capela de São Miguel Arcanjo traz histórias de gerações, em especial as cerimônias de casamento de Natalia e a de sua filha, Fátima. Natalia Garcez Della Torre, 69 anos, é uma portuguesa que veio para o Brasil com 13 anos. No dia 26 de dezembro de 1959 casou-se com o paulista, natural de São José do Rio Pardo, Pedro Della Torre, 76 anos.

O cenário do casamento foi a capela de São Miguel Arcanjo, com uma cerimônia realizada pelo padre Aleixo Mafra, figura importante para a história do bairro de São Miguel Paulista.

Dona Natalia conta que a cerimônia foi muito bonita e inesquecível. “No dia em que casamos, houve oito casamentos, era um em cada uma hora”, recorda. “Lembro de tudo, não tem como esquecer”, completa, com um brilho intenso nos olhos, provavelmente o mesmo de 50 anos atrás, quando entrava toda de branco pela antiga porta da capela.

Dessa união nasceu Fátima Regina Della Torre, hoje professora e com 39 anos, que sonhava em se casar na mesma igreja em que sua mãe casou. Ela lembra que não queria casar na catedral e que, na época, a capela estava fechada para atividades religiosas e abrigava uma exposição, que terminaria no dia 7 de setembro de 1988.

Pedi autorização para o padre Olivão e a capela foi desocupada no dia do casamento. Foi uma correria”, relembra Fátima, que casou no dia 8 de setembro de 1988, na igreja que estava fechada há 24 anos.

casamento

Recorte de jornal do bairro falando sobre o casamento de Fátima e Alberto
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: